Acesse e receba mensagens de Deus para você!

http://www.bispomacedo.com.br

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Aos solitários


Meninas, eu li este testemunho no blog do Bispo e faço questão de divulgar em meu blog. Eis aí mais uma realidade para abrir nossos olhos!
Beijinhos.

Espero que meu testemunho sirva de exemplo para outras moças, que, como eu, são cobradas na igreja e em casa por ainda estarem solteiras.
Fui para a IURD com a minha mãe lutar pela família, pois nossa vida era um inferno. Fomos libertas, nos batizamos, enfim, tudo mudou.
O tempo foi passando e quando cheguei aos 30 anos me preocupei por ainda estar solteira e as cobranças começaram. Sentia-me a SOLTEIRONA. Orava, fazia propósitos e nada.
Passei a fazer a Terapia do Amor, só que achei que Deus estava demorando muito para atender-me e resolvi dar uma “ajudinha a Deus” (como pode o Todo-Poderoso precisar de uma ajudinha?), mas minha ansiedade e carência me faziam pensar assim.
Então, tive a “brilhante” ideia de anunciar meu perfil na coluna do Cantinho do Coração. Recebi muitas cartas e a que escolhi foi, aos meus olhos, a melhor. Ele era tudo o que eu sempre quis, só faltava a auréola para ser um anjo, minhas emoções estavam à flor da pele.
Começamos a namorar, não averiguei a fundo a vida dele, tudo era maravilhoso, só que com o tempo ele dava sinais de que havia algo errado, mas eu não queria enxergar, achava que não importava. Era o Espírito Santo me falando que era uma armadilha, mas eu não queria ouvir.
Três anos depois surgiu uma situação em que descobri o que jamais imaginei, ele era casado. Fiquei sem chão, o mundo caiu sobre mim, me senti uma meretriz, tudo acabou ali.
Naquele momento, entendi o que o Espírito Santo, por muitas vezes, tanto me falou. Foi muito difícil dar a volta por cima, pois a vergonha e o nojo era muito grande, mas consegui.
Resolvi trancar meu coração para o amor e não acreditar mais em ninguém. Quando alguém se aproximava de mim eu era grossa, pois estava ferida. Passaram-se uns seis meses, tratei meu coração e aí tudo mudou. O tempo todo, a minha metade sempre esteve bem perto de mim. Hoje sou muito bem casada e feliz.
Mas isso só foi possível quando deixei o Espírito Santo me guiar. Apesar de conhecê-lo há muitos anos, agi diferente. Passei um pente fino em sua vida, fucei os quatro cantos da vida e da família dele, e o testei de todas as formas e, só depois, começamos a namorar. Somos casados e felizes.
Espero que estas linhas sirvam de exemplo para as solteiras. Não quero com isso dizer que a coluna da Folha Universal e as pessoas que anunciam não sejam de Deus, de maneira nenhuma.
É que a Folha Universal não se responsabiliza pela veracidade das informações ali anunciadas, ou seja, qualquer um pode anunciar. Então, é preciso tomar cuidado para não cair na conversa fiada de qualquer um, como um dia eu caí.
Espero que tenha servido de exemplo.
Obrigada!
Tiane - Rio de Janeiro

3 comentários:

♪♫ Aline ♪♫ disse...

Muito bom o testemunho continue assim postando matérias que edificam.
Seu blog é muito fofo. Estou seguindo. Parabéns pelo blog.
E não desanime, siga em frente.

Fernanda Rodrigues disse...

Olá , nunca deixo de passar aqui. Hoje começa um novoo dia e você tem a chance de recomeçar.
"Muitos são chamados, mais poucos escolhidos " ( Mateus 22:14)
Você pode escolher, vai querer fazer parte dos muitos chamados, ou dos escolhidos que vão fazer a diferença?
Na fé . Obr Fernanda *-*

***Princesa de Deus*** disse...

Com certeza, Obr Fernanda!
É por isso que eu me esforço todos os dias, não para ser mais uma na multidão, mas para fazer a diferença !

Na fé